maio 28, 2019

O que é SEO e qual a importância dele para o seu site

O que é SEO e qual a importância dele para o seu site

SEO – Search Engine Optimization, ou em tradução livre, Otimização de Mecanismos de Busca, é um conjunto de técnicas voltadas para melhorar o desempenho de sites para que eles sejam melhor ranqueados em buscadores como Google, Bing e Yahoo.

Os mecanismos de buscas são uma espécie de biblioteca que organiza todos, ou a grande maioria dos sites da internet.

Eles utilizam diversos critérios para definir que páginas irão aparecer no topo das pesquisas orgânica, ou seja, aquelas os resultados de links que não receberam investimento para estar ali.

Para fazer este ranking, os buscadores e seus robôs, analisam vários aspectos das páginas para decidir que conteúdo é mais relevante em determinada pesquisa. As  empresas atualizam seus critérios dezenas e às vezes centenas de vezes para garantir uma melhor experiência para o usuário.

Todo esse processo de escolher as melhores páginas, acontece em uma fração de segundos, por meio de algoritmos, recursos  de inteligência artificial e análise de uma quantidade gigantesca de dados.

Resultado orgânico X resultado pago

Vamos observar os componentes de uma pesquisa comum no Google, o buscador mais usado atualmente.

1-  palavras chave utilizadas para encontrar sites relacionados a agência de viagens;

2 – resultado patrocinado, ou seja, foi cadastrado um anúncio com as palavras chave na plataforma Google Ads;

3 – resultado orgânico do Google Maps baseado na localização de onde a pesquisa foi feita;

4 – resultado orgânico dos sites, baseado em sua relevância.

O resultado orgânico é aquele que aparece de forma espontânea, ou seja não tem a indicação de anúncio. (itens 3 e 4)

Já os links pagos aparecem em forma de anúncio, como destacado no item 2. Eles são cadastrados na plataforma do Google Ads e funcionam através do sistema de leilão, onde há palavras-chave que podem ser compradas.

No Google Ads é possível definir diversos parâmetros para a exibição do seu anúncio como orçamento diário, localização, frequência e outras definições.

Para se chegar a um bom ranqueamento orgânico, normalmente é necessário fazer investimento em anúncios pagos para obter um número maior de visitas, mas implementação de SEO também é fundamental para alcançar o topo das pesquisas.

Palavras-chave

A palavras chave, ou key-words, são o combustível que fazem toda a engrenagem de pesquisas funcionar. É através delas que o usuário chega a uma lista de resultados relevantes e, posteriormente, consegue acessar a página que achar que terá a informação que eles está buscando.

Partindo dessa informação, ao escrever um texto, é preciso incluir palavras chave que são comumente utilizadas nas pesquisas para que a página fique relevante e tenha um melhor posicionamento.

O Google Trends é uma ótima ferramenta para verificar o volume de buscas por determinadas palavras-chave e até mesmo comparar dois termos para que se possa escolher mas comumente pesquisado.

Estar entre os resultados das primeiras páginas do Google é essencial para ter uma boa performance orgânica, e fica a cargo dos administradores dos sites aplicarem boas práticas de SEO para alcançar esses resultados.

Conhecer o seu público alvo é essencial

Conhecer bem com quem você está falando irá facilitar não só a sua estratégia de SEO, mas também a produção do conteúdo em si. Sabendo que tipo de diálogo o seu público costuma usar, você poderá utilizar as palavras e termos certos para atraí-los para a sua página e, aos poucos, ir tornando seu site relevante.

Se por exemplo, você estiver falando sobre carros usados, é interessante que você use as variações para dizer a mesma. Por exemplo: carros de segunda mão, carros semi-novos. Isso irá aumentar a chance das pessoas chegarem ao seu conteúdo usando diferentes pesquisas.

Conteúdo também é rei no SEO

Já falamos da importância da qualidade de conteúdo na estratégia de Inbound nesse texto aqui:

E na estratégia de SEO não poderia ser diferente.Não adianta colocar um amontoado de palavras-chave, se o seu conteúdo não for de fato relevante, o desempenho da sua página também não será bom e com o tempo as pessoas irão parar de acessá-lo e o seu ranqueamento irá cair drasticamente.

Invista em produção de conteúdo original! O Google tem mecanismos que detectam plágios e ainda consegue identificar que página publicou aquilo primeiro, punindo os site que publicam conteúdo duplicado!

Tráfego

Uma página com grande volume de visitas geralmente é bem ranqueada no Google. Mas é preciso ter atenção, essa visitas precisam ser qualificadas, ou seja, ter afinidade com o conteúdo que está no site.

Vale a pena relembrar que a práticas como compra de cliques não são recomendadas. Você pode até conseguir um número alto de acessos, mas eles com certeza não terão a mesma qualidade

Site responsivo

Um site que se adapta ao dispositivo em que está sendo acessado de forma satisfatória é bem visto aos olhos dos algoritmos. Hoje é muito comum que o número de acessos dos sites seja maior por dispositivos móveis como Smartphones e Tablets. Então, é necessário otimizar a experiência do usuário nessas plataformas para garantir uma boa usabilidade.

Tempo de carregamento da página

O tempo que a página leva para carregar por completo também influencia em seu ranqueamento. Por isso, é necessário prestar atenção no tamanho das imagens que são inseridas no texto. Quanto mais leves eleas estiverem, mais rápido será seu carregamento.

O servidor onde o site está hospedado, a quantidade de plugins e scripts presentes no site também influenciam em seu tempo de carregamento.

SEO Local

O SEO local pode ser exemplificado pela pesquisa acima. Ao se pesquisar as palavras-chave “restaurante japonês” o Google utilizou a geolocalização para mostrar os resultados mais relevantes no Google maps da região.

Esse é o primeiro resultado orgânico da pesquisa pois considera-se que o usuário deseja localizar o restaurante mais próximo.

Para cada tipo de pesquisa, um resultado orgânico diferente irá aparecer em primeiro lugar.

O SEO local é baseado em geolocalização. Geralmente eles são implementados por negócios que tem uma sede física que recebe o público como restaurantes, lojas, agências, etc.

Ao inserir uma terceira palavra chave, podemos observar que o resultado muda completamente, mesmo os estabelecimentos estando muito próximos daqueles exibidos na primeira pesquisa, a palavra centro redefiniu os resultados, independente da localização.

Outro exemplo

No exemplo abaixo, a key-word “Paris” trouxe o resultado da Wikipédia em primeiro lugar pois o algoritmo do Google considerou que o usuário deseja saber mais informações de Paris, logo abaixo, temos as últimas notícias relacionadas à cidade luz.

O Resultado é diferente se colocamos “viagem paris”, observe:

Nesta pesquisa temos um anúncio da Air France, seguido dos resultados orgânicos, ou seja, os que o algoritmo considerou mais relevantes para a pesquisa. Ao digitar a palavra chave “passagens” o Google já entende que você deseja adquirir os bilhetes para a sua viagem e coloca os sites mais relevantes nesse quesito no topo, além do anúncio.

As imagens também ajudam a ranquear a sua página

Textos com imagens geralmente ajudam a tornar a página mais relevante aos olhos de buscadores, além de deixar o conteúdo mais rico.

Além disso, o nome do arquivo das imagens também são indexadas nos mecanismos de busca. Por isso, sempre que for inserir fotos nos seus textos, procure colocar o nome de arquivo que o descreva da forma correta.

Os links das redes sociais também são ranqueadas

No exemplo abaixo, foram mostrados os três resultados mais relevantes da pesquisa. E os três são links para redes sociais.

A conclusão que tiramos disso é que devemos utilizar técnicas de SEO também nas nossas redes sociais para ganhar relevância nos buscadores, e não somente no nosso site.

Plataformas como o Pinterest, por exemplo, são ótimos geradores de tráfego para a sua página e consequentemente, ajudam a melhorar o seu ranqueamento.

A prática de SEO é um trabalho dinâmico e constante

Como dissemos no começo do textos, os parâmetros dos algoritmos dos buscadores podem mudar dezenas e até centenas de vezes durante o ano, então, é necessário acompanhar todas essas atualizações e aplicar as melhores práticas na sua página.

Os concorrentes podem ganhar mais relevância e ranquear melhor que você, caso a lição de casa não seja feita. Então, monitorar o que a concorrência está fazendo também faz parte do escopo de uma boa estratégia de SEO.

Marketing Digital
Share: / / /

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *